RSS

Arquivo da Categoria: História

Galeria

1918 – mês 11,dia 11, 11ª hora

Anúncios
 
 

Etiquetas: , ,

25 de Abril

Esta é a madrugada que eu esperava 
O dia inicial inteiro e limpo 
Onde emergimos da noite e do silêncio 
E livres habitamos a substância do tempo 

Sophia de Mello Breyner Andresen, in ‘O Nome das Coisas’

25Abri-2018

 
 

Etiquetas: , ,

Holocausto

Se guardássemos um minuto de silêncio por cada vítima do Holocausto,

ficaríamos em silêncio durante onze anos e meio.

HolocaustoHolocausto1

Para que a memória permaneça e jamais repitamos o passado, as leituras  – na Biblioteca:

 

 

 

Etiquetas: , , ,

Novembro – documento do mês

Datado de 1898, o Atlas de Botanica é um documento único, cuja singularidade é atestada pela menção  de destino constante na capa – o Lyceu de Santarém.

O rigor científico, a minúcia de traço, a qualidade da impressão e estampagem, fazem deste livro um testemunho precioso da importância dada às ciências, no ensino público. Na folha de rosto, a informação – Para uso dos Lyceus (I,II,II e IV classes) – permite-nos afirmar que esta obra assume uma função de referência, enquanto atlas, semelhante à do ‘livro único’.

Os carimbos atestam a posse, do Liceu de Sá da Bandeira (grafia posterior a 1911), e o uso, assim como a localização – o Laboratório de Sciencias Naturais. Esta última informação comprova o Liceu enquanto escola dotada de equipamento moderno e práticas pedagógico-didáticas atentas e ajustadas aos alunos.

 
 

Etiquetas: , , ,

República

República2015 (2)

OUTUBRO

1910 – 2017

Em 5 de outubro de 1910, Portugal passa a ser um estado republicano.

Na Biblioteca da Sá da Bandeira, assinala-se a efeméride com o busto centenário da figura-ícone  do então novo regime político, conjuntamente com as obras da coleção Álbuns da República.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 
 

Etiquetas: , , ,

Abril na Biblioteca

Em abril, há um rosto sempre presente na Biblioteca: 

Salgueiro Maia.

Abril25-2016 (4)Abril25-2016 (7)

Outro rosto o acompanha, para que a voz de ‘Grândola, vila morena’ seja recordada:

Abril25-2016 (8)

E vem a história que trouxe a liberdade de expressão:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 25 de Abril de 2016 em Cidadania, História, Memória

 

Etiquetas: ,

Abril português em La Lys

     Em Fevereiro de 1916, um decreto do governo português autorizava a requisição dos navios mercantes alemães fundeados no Tejo. Foi a “gota de água” que levou Guilherme II, a instruir Von Rosen a apresentar a nota de Declaração de Guerra ao Governo Português, em 9 de Março de 1916, formalizando um conflito que já há algum tempo Portugueses e Alemães vinham travando no sul de Angola e norte de Moçambique.
Iniciava-se assim, a participação formal de Portugal na 1ª Guerra Mundial que muito em breve arrastaria o Corpo Expedicionário Português para as trincheiras da Flandres.

Fonte: http://historiaaberta.com.sapo.pt/

Chegado a França no início de 1917, o Corpo Expedicionário Português (CEP), instruído em pouco tempo (e, por isso, o ‘milagre de Tancos’) , mais uma vez honraria a oitava 147 de Camões, no canto X de “Os Lusíadas”:    

Olhai que ledos vão, por várias vias,
Quais rompentes liões e bravos touros,
Dando os corpos a fomes e vigias,
A ferro, a fogo, a setas e pelouros,
A quentes regiões, a plagas frias,
A golpes de Idolátras e de Mouros,
A perigos incógnitos do mundo,
A naufrágios, a pexes, ao profundo.

Porém, a 9 de Abril de 1918, os portugueses conhecem em La Lys um novo Alcácer-Quibir…

Na Biblioteca, homenageiam-se os combatentes, os que tombaram e os que viveram para contar – mostramos os nossos reservados, imprensa e literatura (romance) sobre o assunto. Uma consulta a fazer na classe 9 da CDU – História (e também Biografias), mais propriamente na secção 94 (100); requisições disponíveis na 8 – Literatura, secção 821 – os romances, e também uma visita ao nosso ‘tesourinho’ João Ninguém: Soldado da Grande Guerra: Impressões do CEP 1917-1918.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Etiquetas: , , , , , , , , , , , , ,

 
%d bloggers like this: