RSS

Arquivo de etiquetas: Exposição

Um olhar sobre o Marquês de Sá da Bandeira

 

Os  olhos dos meninos são poliedros de cristal – veem a realidade, mas  sem as esquinas do hábito ou o cansaço da rotina, descobrem a vida, mas no  ângulo das verdades pasmadas nas permanentes novidades.

E nós, que somos formadores – educamos e ensinamos as gerações que nos sucedem – maravilhamo-nos com as perspetivas renovadas pelas mãos e pelos lápis dos nossos meninos.

Nós, que transmitimos valores, sensibilizamos para a estética e para o outro, passamos a memória que nos construiu e faz de todos nós o tecido do futuro, sentimos que vale a pena parafrasear Camões

” Olhai que sois formadores só de meninos excelentes”:

Anúncios
 

Etiquetas: , , , , ,

Um olhar sobre Santarém

Educar o olhar é sensibilizar para a Beleza, valorizar a diversidade, mover o outro para o reconhecimento  do património e da História.

Há pessoas e instituições que nos marcam –  definiram o passado coletivo, alicerçam o presente, lançam as coordenadas do futuro. 

Assim é  Santarém, assim são os monumentos da cidade, assim são as figuras que de Santarém nasceram para a  pátria e para o mundo.

Em S. Francisco, convento preferido por dinastias, lugar de histórias e História, os alunos dos Agrupamentos do concelho de Santarém expõem olhares  sobre o património.

O Agrupamento Sá da Bandeira mostra o seu patrono, o Marquês de Sá da Bandeira, como figura tutelar da cidade e do país. O humanista,  político,  soldado,  homem de valores e princípios projetados muito para lá do seu tempo,  vive nas memórias e nos sítios.

Esta é a essência dos trabalhos apresentados pelos nossos alunos. 

 

Etiquetas: , , , , , , , ,

Português e Literatura – o currículo na Biblioteca

Português e Literatura Portuguesa, a língua e a escrita, a escola e a aprendizagem – um caminho a par, faces de uma mesma Pátria como disse Bernardo Soares no Livro do Desassossego, assim, originalmente:

«Não tenho sentimento nenhum politico ou social. Tenho, porém, num sentido, um alto sentimento patriotico. Minha patria é a lingua portuguesa. Nada me pesaria que invadissem ou tomassem Portugal, desde que não me incommodassem pessoalmente. Mas odeio, com odio verdadeiro, com o unico odio que sinto, não quem escreve mal portuguez, não quem não sabe syntaxe, não quem escreve em orthographia simplificada, mas a pagina mal escripta, como pessoa própria, a syntaxe errada, como gente em que se bata, a orthographia sem ípsilon, como escarro directo que me enoja independentemente de quem o cuspisse.

Sim, porque a orthographia também é gente. A palavra é completa vista e ouvida. E a gala da transliteração greco-romana veste-m’a do seu vero manto régio, pelo qual é senhora e rainha.» 

Na Biblioteca, a exposição mostra os livros e a literatura do currículo, desde 1843, ano em nascemos Lyceu, até 1943, ano em que habitámos a nova casa e renascemos Liceu Nacional Sá da Bandeira.

 

 

Etiquetas: , , , , ,

Arte na Biblioteca

A Biblioteca da Sá da Bandeira é o espaço do privilégio, escolhido pela arte dos alunos de Artes e Ofícios. A Professora Esmeralda Esteves expôs as telas e  a Escola inundou o olhar de cores e criatividade.

Parabéns, Alunos! Parabéns, Professora!

 

Etiquetas: , , , ,

Mitos fundadores em Santarém – a exposição

MitosMitos1Mitos2Mitos3Mitos4Mitos5Mitos6Mitos7Mitos8Mitos9Mitos90Mitos-VisitaMitos-Visita0Mitos

 

Etiquetas: , , ,

Correio do Ribatejo – 125 anos – exposição

Desde 1891 que um jornal diz do pulsar de uma cidade e da sua região.

Desde 1891 que Santarém lê o Correio do Ribatejo.

125 anos é somatório de vivências, testemunhos de épocas , caminhos percorridos entre memórias de uma cidade. É um Ribatejo viajante no tempo que se testemunha nas páginas do Correio do Ribatejo.

De viagens se fez a exposição que celebra a vitalidade de um semanário que caminha com a fluidez dos tempos.

Neste compasso, o Correio do Ribatejo chegou à Biblioteca da Sá da Bandeira.

História em estórias escritas nos painéis, nos objetos, nas imagens

– para ver, até 2 de junho.

Os alunos do 11º A receberam o diretor e administradores  com os trabalhos sobre a  visita de estudo feita às instalações também centenárias, com o objetivo de relacionar jornalismo e literatura, Guilherme de Azevedo, Os Maias e a Geração de 70

Porque jornais e bibliotecas, aulas e visitas de estudo são combinação de bom gosto e sabedoria!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

 

 

Etiquetas: , , , , , , , ,

Imagem

Saramago 90 Anos na Biblioteca

JoséSaramago9oCartaz

 
 

Etiquetas: ,

 
%d bloggers like this: