RSS

Arquivo de etiquetas: Sá da Bandeira- 175 Anos

Um amor na Biblioteca

inglesamarialva0

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 18 de Janeiro de 2019 em Bibliotecando, Literatura, Memória

 

Etiquetas: , , ,

A Inglesa e o Marialva

inglesamarialva

im

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 11 de Janeiro de 2019 em Bibliotecando, Literatura, Memória

 

Etiquetas: , , ,

Exposição ‘175 Anos – um universo de saber’

Uma exposição com um roteiro definido por marcos na história da Escola,da lei fundadora, passando pelos locais, pelas personalidades de vulto, pelos alunos de ontem e de hoje:

DecretoLiceus-PassosManuel-17Novembro1836

Um decreto – Lei de novembro de 1836

Uma cidade – Santarém

Um local – o Seminário Patriarcal

Um início  – 1843

Um patrono – Sá da Bandeira

Um reitor emblemático – António Ginestal Machado

Um reitor carismático – Ruy  da Silva Leitão

Do Liceu para o mundo: orgulhosamente nossos alunos – Bernardo Santareno, Rui Belo, Mário Viegas

Alunos que escrevem – Martinho Cardoso, Miguel Ângelo Antunes, Pedro Santos, Sofia Venturinha.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 12 de Outubro de 2018 em Bibliotecando, Memória, UNESCO

 

Etiquetas: , , , , , ,

175 anos – um universo de saber

1843-2018

175 anos  a formar gerações num universo de saber

Do Lyceu à Escola Secundária, um percurso a olhar futuros maiores

175Anos-BE

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 11 de Outubro de 2018 em Bibliotecando, Memória

 

Etiquetas: , , ,

Centenários

Memórias centenárias  de Santarém em palestra na Escola Superior Agrária – três instituições que se entrelaçam na história da cidade, unidas nas palavras sapientes da Professora Lucinda Saragoça.

CRJornadasEuropeiasPatrimónio2018

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 27 de Setembro de 2018 em Bibliotecando, Memória

 

Etiquetas: , , , , ,

Novembro – documento do mês

Datado de 1898, o Atlas de Botanica é um documento único, cuja singularidade é atestada pela menção  de destino constante na capa – o Lyceu de Santarém.

O rigor científico, a minúcia de traço, a qualidade da impressão e estampagem, fazem deste livro um testemunho precioso da importância dada às ciências, no ensino público. Na folha de rosto, a informação – Para uso dos Lyceus (I,II,II e IV classes) – permite-nos afirmar que esta obra assume uma função de referência, enquanto atlas, semelhante à do ‘livro único’.

Os carimbos atestam a posse, do Liceu de Sá da Bandeira (grafia posterior a 1911), e o uso, assim como a localização – o Laboratório de Sciencias Naturais. Esta última informação comprova o Liceu enquanto escola dotada de equipamento moderno e práticas pedagógico-didáticas atentas e ajustadas aos alunos.

 
 

Etiquetas: , , ,

 
%d bloggers like this: