Publicado em Literatura, Poesia

Dia Mundial da Poesia

No Dia Mundial da Poesia, recordemos Natália Correia – ” A poesia é para comer.”:

A poesia é a outra face intemporal do pensamento diferente : “Cântico Negro”, de José Régio:

Pedro Lamares diz José Régio
Pedro Lamares diz Alberto Caeiro
Publicado em Bibliotecando, E@D

As Bibliotecas em E@D

As bibliotecas integram o Plano E@D do Agrupamento Sá da Bandeira, disponibilizando, nos seus canais de difusão, conteúdos de apoio ao currículo, às literacias e lúdicos.

Alunos, professores, pais e encarregados de educação  podem aceder aos diferentes serviços visitando os blogues ou contactando por mail.

A Biblioteca da escola sede – Escola Secundária de Sá da Bandeira – disponibiliza ainda o serviço direto de empréstimo a toda a comunidade, mediante reserva por telefone ou mail, com levantamento e entrega na portaria.

Publicado em Bibliotecando, E@D

Estudo em casa – aprendizagens a distância

Aprender a distância pode ser um desafio para a autonomia : orientar os momentos e a duração das aprendizagens, seguir fielmente um plano traçado, saber fazer consultas e escolher as mais significativas, cumprir prazos de trabalho, são passos de um processo que exige disciplina e muita força de vontade.

O #EstudoEmCasa proporciona uma outra forma de estar em aula e complementa as atividades letivas. É um recurso de apoio ao processo de ensino-aprendizagem, por forma a disponibilizar aos alunos e aos professores blocos pedagógicos, em conformidade com as Aprendizagens Essenciais.

Publicado em Bibliotecando, Cidadania

Dia da NÃO VIOLÊNCIA e PAZ

O mais perfeito ato do homem é a Paz. E por ser tão completo, tão pleno, em si mesmo, é o mais difícil.” Mahatma Gandhi

Mahatma Gandhi, o líder indiano que ousou declarar o princípio da não violência como forma de resistência, marcou o Mundo contemporâneo com os seus ideais e atitudes. Liderou protestos pacíficos contra a exploração e a indignidade a que eram sujeitos os mais fracos, falou de igualdade e direitos.

Em sua homenagem, foi instituído o Dia Escolar da Não Violência e da Paz, para alertar os alunos, os professores, os pais, os políticos e os governantes para a necessidade de uma educação para a paz, que promova valores como o respeito, a igualdade, a tolerância, a solidariedade, a cooperação e a não violência.

A Minha Vida e as Minhas Experiências com a Verdade é uma das várias biografias de Gandhi, que podemos consultar na Biblioteca da ESSB, na classe 9. – 929.

Paz – Michael Streich

Publicado em Literatura, Memória, Teatro

Da nascente até ao mar

Bernardo Santareno: da nascente até ao mar, obra de José Miguel Noras, presentifica a vida de António Martinho do Rosário – o aluno do Liceu, que percorreria o caminho da escrita como Bernardo Santareno. No livro, acompanhamos os passos mais ínfimos do dramaturgo, desde a nascente até ao mar.

«Nada é firme, nem seguro nesta vida: Não fazemos outra coisa, que não seja experimentar caminhos, nunca chegaremos a um fim. É precisa muita coragem para se viver, sobretudo num país como o nosso, neste tempo e quando não se é de todo estúpido e inculto

O livro, apresentado ao público no dia de aniversário de Santareno, já está na biblioteca da Sá da Bandeira. A Escola também guarda os registos: matrículas, registos de ano, exames, cadernetas, toda uma documentação que pode ser consultada, sob requisição.